Senhora cover

Senhora

Jose de Alencar (1829-1877)

00:00(1/41) Chapter 0100:00
80
x1
1. Chapter 01
2. Chapter 02
3. Chapter 03
4. Chapter 04
5. Chapter 05
6. Chapter 06
7. Chapter 07
8. Chapter 08
9. Chapter 09
10. Chapter 10
11. Chapter 11
12. Chapter 12
13. Chapter 13
14. Chapter 14
15. Chapter 15
16. Chapter 16
17. Chapter 17
18. Chapter 18
19. Chapter 19
20. Chapter 20
21. Chapter 21
22. Chapter 22
23. Chapter 23
24. Chapter 24
25. Chapter 25
26. Chapter 26
27. Chapter 27
28. Chapter 28
29. Chapter 29
30. Chapter 30
31. Chapter 31
32. Chapter 32
33. Chapter 33
34. Chapter 34
35. Chapter 35
36. Chapter 36
37. Chapter 37
38. Chapter 38
39. Chapter 39
40. Chapter 40
41. Chapter 41

(*) Your listen progress will be continuously saved. Just bookmark and come back to this page and continue where you left off.

Genres

Summary

Senhora é um dos mais importantes clássicos da literatura brasileira, e o terceiro livro do mesmo autor que analisa a situação da mulher na sociedade brasileira do século XIX. Através da história de amor e separação entre Aurélia e Fernando, o autor critica a decadência da elite cortesã, a importância dada ao dinheiro e os casamentos por interesse. O romance, dividido em quatro partes, reflete este objetivo em sua própria estrutura, em que imita uma transação comercial: preço, quitação, posse, resgate.“Senhora” is one of the most important classics of Brazilian Literature, and the third book by this author about the situation of women in the 19th century Brazilian society. Through a story of love and separation between the two main characters, Aurélia and Fernando, the author criticizes the decadence of the court society, the importance given to possessions and the marriages for money. The novel, divided in four parts, satirizes these relationships in its own structure, by having its parts called: price, purchase, possession, solvency.

Reviews

Bruno Tardin

- Voz

Ao meu ver a voz com sotaque carioca caiu de modo excelente, visto que a obra retrata a sociedade do Rio de Janeiro.

Morgana

- Povo eternamente insatisfeito

Voz excelente, calma, mansa e lê muitíssimo bem.

Alexandre

- Voz

Não acho que a gravação falhe tanto pelo sotaque como ressaltou Roberto. Mas dado o caráter da obra, a voz é totalmente estranha e irritante. Acho que uma voz masculina cairia melhor.

Roberto

- sotaque

Sotaque carioca forte demais, especialmente nos "s" e "r". Fica muito cansativo ouvir.