Relíquia cover

Relíquia

José Maria de Eça de Queirós (1845-1900)

1. 00 - Prefácio
2. 01 - Capítulo 1, parte 1
3. 02 - Capítulo 1, parte 2
4. 03 - Capítulo 1, parte 3
5. 04 - Capítulo 1, parte 4
6. 05 - Capítulo 1, parte 5
7. 06 - Capítulo 1, parte 6
8. 07 - Capítulo 1, parte 7
9. 08 - Capítulo 2, parte 1
10. 09 - Capítulo 2, parte 2
11. 10 - Capítulo 2, parte 3
12. 11 - Capítulo 2, parte 4
13. 12 - Capítulo 2, parte 5
14. 13 - Capítulo 3, parte 1
15. 14 - Capítulo 3, parte 2
16. 15 - Capítulo 3, parte 3
17. 16 - Capítulo 3, parte 4
18. 17 - Capítulo 3, parte 5
19. 18 - Capítulo 3, parte 6
20. 19 - Capítulo 4, parte 1
21. 20 - Capítulo 4, parte 2
22. 21 - Capítulo 4, parte 3
23. 22 - Capítulo 5, parte 1
24. 23 - Capítulo 5, parte 2
25. 24 - Capítulo 5, parte 3
26. 25 - Capítulo 5, parte 4

(*) Your listen progress will be continuously saved. Just bookmark and come back to this page and continue where you left off.

Genres

Summary

A Relíquia é um romance do escritor português Eça de Queirós, publicado em 1887. Uma de suas obras mais irreverentes e mais fantasiosas, "A Relíquia"pode ser lida como uma sátira ao catolicismo em Portugal, ou, mais amplamente, ao conservadorismo, através das memórias do narrador Teodorico Raposo, que, para herdar a fortuna da tia velha e solteirona, vive uma vida dupla: extremamente católico e devoto para a família, mas um ébrio galanteador junto aos amigos. Como prova cabal de sua devoção, Teodorico empreende a longa viagem de Portugal à Terra Santa como representante da tia, num esforço de manutenção das aparências que resulta, segundo o narrador, em aventuras que viriam a modificá-lo para o resto da vida. O livro tem como epígrafe a frase "Sobre a nudez forte da verdade, o manto diáfano da fantasia". (Resumo escrito por Leni)